20/09/2022

Redação - laboratório do Projeto Repórter do Futuro faz cobertura do 6º Congresso da Jeduca, em São Paulo

Onze jovens repórteres, dentre estudantes e recém formados, participaram da cobertura do evento nos dias 12 e 13 de setembro, sob coordenação da OBORÉ.

Ao passar pelos corredores do camarim do teatro Fecap, ouvia-se o digitar ávido dos teclados: ali se instalou a redação-laboratório do Projeto Repórter do Futuro, da OBORÉ.

Anelize Moreira e Ronald Sclavi, coordenadores da Redação pela OBORÉ, e Marta Avancini, editora-pública da Jeduca, integraram o time de editores. Ao todo, foram 14 textos produzidos e publicados no site da Jeduca, além de ilustrações inéditas e postagens nas redes sociais da associação.

“Poder fazer [a cobertura das mesas] foi uma espécie de metalinguagem: nós como jornalistas cobrindo temas sobre jornalismo e ao mesmo tempo entendendo a relevância desses temas”, disse André Derviche, que já participa de módulos promovidos pelo Repórter do Futuro desde 2020, e é aluno do penúltimo período de jornalismo na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP.

No "backstage" alguns repórteres cruzaram com convidados das mesas - jornalistas, pesquisadores e professores.

A empolgação de iniciante somada ao ambiente descontraído e acolhedor da redação apontavam para o fato de que só se aprende fazendo e, quando em condições favoráveis, essas lições seguirão os jovens repórteres ao longo de suas carreiras.

Para Natasha Meneguelli, jornalista recém-formada e que, como André, já participou de vários módulos do Projeto, na OBORÉ, o Congresso trouxe muitas perspectivas diferentes sobre a educação, e isso a ajudou a fazer um texto com novas informações.

Marta Avancini, editora pública da Jeduca e que acompanhou a produção da Redação, concorda com Natasha. Segundo ela, o olhar de estudantes e de jornalistas recém-formados agregou frescor para a cobertura do Congresso, e trouxe um olhar particular para os temas.

“Trouxe perspectivas bacanas, e muitas vezes novas. No resultado final tivemos um conjunto de textos, e cada um com um estilo próprio, uma maneira própria de trazer as questões. Isso é muito bonito, muito rico”, disse Marta ao afirmar que a parceria com a OBORÉ traduz a missão da Jeduca: “colaborar para qualificar a cobertura de educação”.

Para Ana Luisa Zaniboni Gomes, diretora da OBORÉ e integrante da coordenação do Repórter do Futuro, os repórteres e editores imprimiram durante a convivência na Redação um estilo muito ético, carinhoso e solidário, o que para ela faz toda a diferença em uma equipe.

“Assim nós saímos com laços mais fortes, com uma tranquilidade de que a gente não está sozinho, e que em qualquer momento, independente de estarmos fazendo outros trabalhos juntos, sabemos que podemos contar uns com os outros”, disse Ana Luisa.

Os 14 textos produzidos pelos integrantes da redação laboratorial estão disponíveis no site da Jeduca. Após o dia 13 de outubro, as palestras estarão disponíveis no canal da Jeduca no YouTube.

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies.